Que produto é você??

Estranho imaginar que podemos ser chamados de produtos, que podemos ter códigos de barras e até mesmo preço.
Mas acredite todos nós, enquanto profissionais, somos produtos do que a economia chama de “Mercado de trabalho”.
Você ja observou que em um mercado algumas mercadorias ficam em destaque e outras sequer conseguem se promover? Pois então, nós somos assim. Produtos com prazos de validade, com qualidades, marcas, pesos e valores diferentes. Tudo se deve ao profissional que pretendemos ser.
Vamos a algumas situações em que podemos nos comparar aos produtos em gôndolas.
(A ordem abaixo é aleatória, não devendo ser considerada como melhores ou piores devido a sua posição)
  • MARCA: Todo produto tem uma marca própria e, os que ainda não conseguiram se firmar, com certeza estão buscando. Os profissionais precisam se posicionar no mercado e o que vale como sua marca pode ser sua melhor qualidade, isso o difere dos demais. Uma pessoa organizada e que respeita horários, prazos e que preza pelo respeito ao cliente a pntualidade pode ser sua marca. Porém existem os que são pontuais mas não tem zelo pela qualidade do resultado final. Também respeita prazos, mas se seu produto não tem boa qualidade este profissional pode, no muito, ser chamado de ligeiro. Cada pessoa precisa saber o que tem de melhor a oferecer para, com isso, firmar sua marca, seja na empresa em que trabalha, ou àquelas que dependem de seu resultado.
  • VALOR: O bom profissional não tem preço, tem valor. Assim como produtos de boa qualidade trazem beneficios a quem os utiliza, o profissional de qualidade agrega valores a empresa em que trabalha. Este profissional reúne qualidades que o fazem ser respeitado e admirado. Sua colocação no mercado poderá ser disputada por várias empresas e, com certeza, só terão acesso a ele a empresa que também reunir os valores (leia-se princípios), que puder tê-lo em seu quadro. E com isso o valor financeiro passa a ser uma resposta a esta qualidade.
  • PRAZO DE VALIDADE: Todo produto tem um prazo específico de validade e este pode ser curto ou não, perecível ou longa vida. E como isso pode ser comparado com os profissionais? Ele só vale por um tempo? A resposta é SIM. Mas como saber o tempo de vida útil de um profissional? Quando ele pára de se atualizar, quando ele deixa de lado o gosto em fazer seu trabalho, quando não consegue mais realizar trabalhos em equipe, quando seus interesses são colocados acima dos interesses da empresa onde trabalha, enfim, quando estaciona em seu próprio ego achando que não precisa aprender mais nada. Neste momento o seu prazo de validade está vencendo. E seu valor, começará a cair no mercado de trabalho e começará a ser ponta de estoque em entrevistas de empregos. Porém sua mudança de atitude fará com que tenha mais chances, e com isso talvez possa deixar esta impressão de lado.
Estas, entre outras, são algumas das situações a que podemos fazer esta analogia, me desculpem se lhes parece grosseira tal comparação, mas pense em sua melhor qualidade e o que você tem a oferecer ao mercado de trabalho e com certeza vai entender um pouco mais este post.
Hoje em dia as empresas buscam resultados positivos e cada vez maiores e melhores. E todos os envolvidos são produtos nesse processo. A maneira das empresas pensarem quanto ao seu Patrimônio Humano esta mudando, por saberem que é nele que seus resultados estão concentrados.
Podemos ser substituidos a qualquer momento por produtos de melhor qualidade, o que não significa que estamos com nosso prazo de validade vencido, mas, que chegou a hora de reciclarmos as qualidades de nosso produto principal.
Afinal, você quer estar em destaque em uma gôndola bem visível ou empoeirado em uma banca de ponta de estoque?

One thought on “Que produto é você??

  • 25/09/2010 em 20:13
    Permalink

    Ozuna, muito obrigado amigo.Colei seu banner.
    Se quiser colar o meu ,coloquei um lá, mas precisa ser colado rápido ,pois tem prazo de validade(estranho né?).Abç

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *