Nossa Música Brasileira

Em cada época temos novos modismos, a cada época temos novos hits, surgem novas bandas e novos nomes, mas mesmo assim ainda temos os dinossauros no comando de nossa música brasileira. Não falo de um único estilo, mas de nomes que se consagram. Maria Gadú vem se consolidando como a revelação da nova MPB, como muitos vem dizendo, seu hit maior, Shimbalaiê, conquistou todos os níveis culturais e faixas etárias, dona de uma voz cativante e, por vezes, emocionante, nos faz ver que nem tudo esta perdido em meio a tantas outras “bandinhas” que surgem pichando o nome do rock’n roll.
Mas Ozuna você está pegando pesado, podem me dizer alguns. Mas me digam sinceramente, meninos e meninas, o que podemos esperar de jovens de calças apertadas e óculos coloridos, como os que surgiram de uma hora pra outra na mídia? Não sou preconceituoso quanto as vestimentas mas sim ao que eles insistem em chamar de rock. Cazuza e sua Ideologia devem estar remoendo no túmulo assim como Renato Russo deve estar aplaudindo irônicamente este Teatro de alguns vampiros que sugam a cultura de nossos jovens.
Antigamente o rock era considerado um movimento de oposição política e talvez por isso tivéssem tantos seguidores em épocas de ditadura e nova Constituição. E agora como podemos classificar este movimento “emo” que deteriora o nosso rock? O bom é saber que, mesmo não lançando discos com tanta frequência, ainda temos na ativa Os Paralamas, Titãs, Capital e por aí vão vários nomes que sobreviveram a tantos modismos que imperaram nas décadas de 1990 e 2010. Como diz o Róger em Nada a Declarar, “É baixaria, dor de corno e bunda pra todo lado.”
Mas ainda temos tempo, temos todo o tempo do mundo, pra escolhermos música de qualidade e com melhor sonoridade, daquelas que não agridem os ouvidos e nos fazem saber que ainda temos muita coisa boa em nossa cultura.
Veja se alguém mais, nos dias de hoje, teria a capacidade de escrever uma letra assim:

A música rock veio mudar as tradicionais músicas dos homens de negócios para uma música mais livre e sem preconceitos. A música rock reflete um comportamento erótico, para alguns destrutivo, mas na minha opinião é apenas um meio de desabar as estruturas. A música americana popular até mais ou menos 1960 estava prêsa aos empresários, homens de negócios que comandavam toda a publicidade da TV, que mandavam e desmandavam nos artistas, e isso não dava liberdade artística para os compositores. A música rock trouxe uma nova concepção de som e música (Cazuza – Redação Escolar de 1971)

One thought on “Nossa Música Brasileira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *