Melhor carnaval de todos os tempos

Meninos e meninas como foram de carnaval? Espero que tenha sido tudo como planejaram. Aos que festaram que tenham aproveitado bem e aqueles que preferiram descansar, ah como isso é bom também.
Posso dizer que este feriado de carnaval foi o melhor que ja passei em toda a minha vida. Não fui pra Salvador correr atrás de trio elétrico e muito menos assisti ao desfile na Marquês de Sapucaí ou sequer cheguei a ir em pontos tradicionais de festejos do meu querido Mato Grosso do Sul. Fiquei em casa com minha família em todos os dias deste feriado. Isso mesmo, fiquei em casa e aproveitei cada minuto ao máximo com meus filhos, que passam tão pouco tempo comigo.
Fizemos de tudo nos dias chuvosos, assei bolo, fiz pipoca, assistimos pela umilésima vez o Sherek, mas nenhum destes feitos foi tão marcante e tão gostoso quanto o de domingo a noite em que jogamos Stop. Vocês conhecem esse jogo? É um excelente recreativo para toda a família. Trata-se de um jogo de conhecimentos gerais, onde escolhemos vários temas, como Nome próprio, cidade, fruta, cor e outros tantos, e depois sorteamos uma letra, o objetivo do jogo é para cada tema exemplificar um nome começado com aquela letra. Parece fácil não é, mas tente achar rapidamente uma fruta que comece com a letra P, ou um carro iniciado com a letra R. Bom e por aí vai.
Mas o ponto alto de nossa brincadeira foi quando sorteamos a letra O, e dentre todos os temas havia o de nome próprio. Eis que surge a pérola de minha linda Giu, 7 anos. Diga um nome que começa com a letra O filha: “Orélho”. Não teve como não soltarmos grandes gargalhadas. Afinal ela só respondeu conforme ouve os avós chamarem o seu tio, Marcos Aurélio. Agora tenta falar rápido o nome Aurélio. Para ver se ela não teve razão em se confundir. Apesar disso ela teve um excelente desempenho escrevendo vários nomes em todas as letras que sorteamos.
O mais gostoso foi observar o bom vocabulário do meu filho Gabriel, 11 anos, que lembrou de várias cidades, nomes e carros com as mais diversas letras. Bom mesmo foi ver que os dois são bem dinâmicos neste tipo de brincadeira que envolve conhecimentos gerais.
E por estas e outras que digo a vocês com toda a sinceridade, foi o melhor feriado de carnaval que já passei em toda a minha vida. Se quero ir um dia para a folia em uma destas festas mais conhecidas? Quero sim. Mas não trocaria por nada passar mais tempo com meus filhos em momentos assim como foram estes deste feriado.
E se querem saber mais sobre este jogo acessem http://pt.wikipedia.org/wiki/Stop! e fiquem por dentro desta brincadeira que atravessa gerações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *