Deivid e o gol perdido. Parte I

O Bola Cheia e Bola Murcha, quadro apresentado todos os domingos no Fantástico, traz todas as semanas vídeos sobre as peladas de várzea dos amantes de futebol. A jogada de gol mais bonita é premiada como Bolha Cheia, já as jogadas mais bizarras que resultam em um lance de gol perdido ou simplesmente uma jogada feia, digna do comentário “Pelo amor dos meus filhinhos.” do caricato Silvio Luis, traz a insignia de Bola Murcha. Se nos terrões jogadas assim ja deixam os seus protagonistas envergonhados o que dizer então dessas jogadas sendo executadas por quem ganha para jogar futebol? Treina todos os dias para dar o melhor em campo e na, bendita, hora “H” produzem cenas inacreditáveis. 
Pois então, meninos e meninas, ontem, dia 22/02/2012, o atacante Deivid do Flamengo nos presenteou com uma jogada assim. Cruzamento de Léo Moura e Deivid sozinho a meio metro do gol conseguiu um feito incrível, chutou a bola na trave. Com certeza a torcida não poderia deixar passar essa situação em branco, em especial a do Vasco da Gama que o aplaudiu na sua substituição no segundo tempo. 
O atacante hoje é um dos assuntos mais comentados nas redes sociais. Alguns dizem que isso foi protesto pelo atraso nos pagamentos de salários, ja outros afirmam que as luzes dos flashs disparados contra ele por trás do gol é que teria tirado sua atenção. Mas brincadeiras a parte o gol perdido pelo atacante poderia ter mudado a história de clássico e levado o rubronegro a final da Taça Guanabara. 
Resta saber agora se o Vasco vai ser campeão ou levará outro vice na bagagem.
Assista abaixo o lance do jogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *