Livro sobre o Museu das Culturas Dom Bosco será lançado com apoio do FIC

Campo Grande (MS) – Com apoio do Fundo de Investimentos Cultuais (FIC) da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul será lançado no próximo dia 29/11 (quinta-feira) o livro “O Museu das Culturas Dom Bosco: história, identidade e potencialidade de desenvolvimento local na educação básica”, das autoras Maria Augusta de Castilho e Rejiane Platero Ferreira. O lançamento será no Museu das Culturas Dom Bosco às 19h.
A publicação mostra o resultado de uma pesquisa de história e identidade que teve o objetivo de perceber o entendimento da comunidade escolar do município de Campo Grande, quanto ao papel do Museu das Culturas Dom Bosco, como patrimônio local e espaço cultural.
Para a materialização das hipóteses levantadas, foram feitas reflexões sobre os conceitos de comunidade, território e territorialidade, identidade dentre outros. Foram utilizados referenciais teóricos desenvolvidos pelos estudiosos da disciplina de Desenvolvimento Local, uma vez que o Museu das Culturas Dom Bosco é um espaço com potencialidades para a consolidação do desenvolvimento local junto às comunidades escolares.
A pesquisa teve como base os estudantes da Escola Municipal Agrícola Governador Arnaldo Estevão de Figueiredo, que estão cursando o Ensino Fundamental (4ª a 5ª séries) na cidade de Campo Grande-MS, com idades variando entre 9 a 13 anos. A escolha do estudo por uma escola localizada em uma zona rural fundamentou-se na hipótese de que estes estudantes não visitam museus, possivelmente devido à distância em que este se encontra em relação à cidade.
Para uma das autoras, Maria Augusta de Castilho, o livro pretende aproximar as pessoas ao museu, especialmente os alunos do ensino fundamental, “O Museu, como espaço cultural e de produção de conhecimento, tem o dever de promover o desenvolvimento local frente às comunidades escolares”, ressalta Castilho. A participação das escolas como gestoras em um processo capaz de apontar as possíveis deficiências do museu no tratamento de questões referentes ao aprendizado e as necessidades pedagógicas do público alvo, possibilita a consolidação contínua e ininterrupta de aspectos do desenvolvimento local postos em evidência pela pesquisa.
A publicação da obra “O Museu das Culturas Dom Bosco: história, identidade e potencialidade de desenvolvimento local na educação básica” pretende despertar na comunidade em geral a preservação do patrimônio cultural no sentido de interagir com a comunidade local, visando a (re) construção desta manifestação abrindo espaço para análise da identidade museológica como um espaço de produção de conhecimento, uma vez que o museu vai muito além do caráter exclusivamente expositivo. Assim, a obra sobre o Museu das Culturas Dom Bosco vai possibilitar a aquisição de novos conhecimentos (imagens, história e memória) sobre as culturas indígenas, arqueologia, etnografia, paleontologia, mineralogia e zoologia.

Sobre as autoras
Rejiane Platero Ferreira, é natural de Cassilândia,  graduada em geografia com licenciatura e bacharelado pela Universidade Católica Dom Bosco – UCDB. Possui especialização em metodologias de educação à distância e mestrado em Desenvolvimento Local. Com ampla experiência na área de geografia, atua como técnica em museologia no Museu das Culturas Dom Bosco, desenvolvendo ações educativas de preservação do patrimônio cultural regional em museus. É professora tutora em educação à distância em uma universidade particular.
Já Maria Augusta de Castilho é natural de Ubarana – (SP) graduada em História, com doutorado em História Social e pós-doutorado em Linguística pela Universidade de São Paulo (SP). Possui vasta experiência didática no 1º, 2º e, especialmente, no 3º grau, nas áreas de História e Metodologia Científica, com orientação de projetos de pesquisas, monografias, dissertações e teses. Também é autora de vários livros, capítulos de livros e artigos. Atualmente faz parte do corpo docente da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) no programa de pós-graduação em Desenvolvimento Local. Atua nas áreas do sagrado, do patrimônio, da história e da diversidade na instituição.

Serviço: O lançamento do livro “O Museu das Culturas Dom Bosco: história, identidade e potencialidade de desenvolvimento local na educação básica” será no próximo dia 29/11 (quinta-feira), às 19h, no Museu das Culturas Dom Bosco, localizado no Parque das Nações Indìgenas, na avenida Afonso Pena, 7000.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *