Prefeitura abre inscrições para Fomteatro e FMIC com recursos de R$ 4 milhões

A Prefeitura de Campo Grande publicou em edição extra do Diogrande (Diário Oficial de Campo

Grande) de sexta-feira (06.05), os editais de inscrição de propostas para o Programa Municipal de Fomento ao Teatro – Fomteatro 2016 e Fundo Municipal de Investimentos Culturais – FMIC 2016. As inscrições devem ser feitas no período de 6 de maio a 20 de junho. A publicação dos projetos inscritos está prevista para o dia 23 de junho no Diogrande.

Os editais detalham prazos, documentações, exigências para cada tipo de área cultural. Tanto o Fonteatro quanto o FMIC, criados por lei, têm como meta estimular a produção das artes fomentando a área artístico-cultural em Campo Grande.

Para o Fomteatro estão destinados R$ 800 mil que serão aplicados em projetos de formação e capacitação na área teatral, criação e produção de montagens teatrais, Circulação e Temporadas de peças teatrais, entre outros.

De acordo com o edital de inscrições para o Fonteatro, os R$ 800 mil serão reservados da seguinte forma: 12,5% ou seja, R$ 100.000,00 para atender projetos de Formação, Capacitação/Reciclagem dos atuantes na área teatral; 32,5% ou seja, R$ 260.000,00 para projetos de Criação e Produção de montagens teatrais, sendo R$ 220.000,00 para Artistas Experientes (ou Consolidados) e R$ 40.000,00 para Artistas Iniciantes e 26,25 ou seja, R$ 210.000,00 para projetos de Circulação e/ou Temporadas de espetáculos.

Os projetos a serem apoiados pelo Fomteatro, no exercício de 2016, deverão ser executados em até 180 (cento e oitenta) dias a partir do recebimento do recurso financeiro.

O edital informa que as inscrições devem ser feitas para as artes dramatúrgicas ou cênicas, mas não se aplica à pesquisa teórica restrita à elaboração de ensaios, teses, monografias, projetos sociais, projetos de arte-educação e semelhantes, com exceção daquela que se integra organicamente ao projeto artístico.

FMIC
Para o FMIC (Fundo Municipal de Investimentos culturais (2016), estão reservados R$ 3,2 milhões que serão divididos para artes cênicas, visuais, audiovisuais, artesanato, música, atividades de formação, literatura, pesquisa cultural, entre outros.

Todos os projetos aprovados e contratados com recursos do FMIC serão acompanhados pelos membros da Comissão Gestora

No caso de inscrição de projetos culturais no FMIC, o edital informa que os projetos inscritos deverão ter caráter estritamente artístico-cultural e ser enquadrados em uma das áreas do art. 1º do Decreto n. 9.878, de 09 de março de 2007, excetuados os projetos da área de teatro. Cada proponente pessoa física ou jurídica de direito privado de natureza cultural poderá inscrever apenas um projeto.

A relação dos proponentes selecionados será divulgada, em ordem decrescente, junto com as notas, na página eletrônica da Fundac (www.capital.ms.gov.br/fundac) no dia 29 de julho.

Para mais informações veja o edital no Diogrande nº 4. 561 de 06 de maio de 2016

Fonte/Autor: Marta Benedito MTE/MS 184
FUNDAC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *